top of page

GRANDES POEMAS DA NOSSA LÍNGUA XX

A língua portuguesa tem pérolas esquecidas, espalhadas em velhos livros já não lidos. Hoje iniciamos uma série para homenagear uma grande poetisa paranaense: Helena Kolody. A professorinha que iniciou a carreira no interior do Estado, tornou-se uma expressão da poesia paranaense. Ela ficou famosa por explorar o haicai. Então, hoje brindamos o leitor com mais três haicais de Helena Kolody.



Imagem de G1 - Globo


Dom


Deus dá a todos uma estrela.

Uns fazem da estrela um sol.

Outros nem conseguem vê-la.



Às vezes


Às vezes soluço por mim,

como se pranteia alguém

que há muito deixou de existir.





Há gosto pra tudo

Há quem goste

de uma vida malpassada.


Helena Kolody ( 1912 - 2004 ), poetisa paranaense nascida em União da Vitória. Professora por profissão ( lecionou por 23 anos no Instituto de Educação de Curitiba, depois de ter lecionado em Jacarezinho e Ponta Grossa ), poeta na alma. É uma das expressões da poesia paranaense. Seu primeiro livro foi Paisagem Interior, de 1941. Sua especialidade era o haicai. O terceiro haicai publicado hoje está sem título. Embora as pesquisas, não identifiquei título em lugar algum. Penso que pode ter sido criado assim, simplesmente.


Comments


bottom of page