top of page

POR UM SIMPLES PEDAÇO DE CERÂMICA

Recomendação de leitura


Boa história, boa prosa: boa literatura

Free image Pixabay

A simples arte de contar uma história, sem grandes artifícios, apenas bom texto e sensibilidade. Por um Simples Pedaço de Cerâmica é classificado como literatura infanto-juvenil mas, como muitas vezes costuma ocorrer, a classificação é precipitada. Parte-se do princípio que uma história linear, contada de maneira despojada e direta, sem violência ou sexo, deva ser destinada ao público infanto-juvenil. Bobagem! Por um Simples Pedaço de Cerâmica pode ser lido por pessoas de todas idades, desde que apreciem literatura, boa literatura.


A história se passa na Coreia do Século XII. Envolve basicamente um órfão criado por um homem que mora sob uma ponte, um mestre ceramista e sua esposa. O fio condutor é a arte da cerâmica, seus labores, seus mistérios e refinamento. A partir de poucos ingredientes, Linda Sue Park - uma americana filha de imigrantes coreanos - constrói um romance premiado ( Newberry Medal ).


É interessante como as referências históricas são tratadas despretensiosamente, quase imperceptivelmente. Também as referências à arte da cerâmica surgem de forma natural, como elemento componente da história. Sue Park foi bastante competente nestes aspectos, pois tecnicismo e base histórica podem enfastiar leitores de menor fôlego.

Por um Simples Pedaço de Cerâmica é a trajetória de redenção de Orelha-de-Pau, o personagem principal. Descubra como isso acontece, lendo esse romance. Dificilmente você ficará indiferente à sua sorte e à sorte do Homem-Garça. Editado já há alguns anos, você pode encontrá-lo em sites de busca ou em bons sebos de sua cidade.



Por um Simples Pedaço de Cerâmica, Linda Sue Park, Editora WMF Martins Fontes, 4ª Edição, 2014, 167 páginas.

Avaliação: Recomendado enfaticamente, para quem tem alma simples.


Kommentare


bottom of page