top of page

OPORTUNIDADE ÚNICA

Isso não é comercial, nem pegadinha. Aproveite a chance...



Para quem ama astronomia ou simplesmente para quem aprecia a contemplação do céu noturno, uma oportunidade única está prestes a se apresentar: Júpiter e Saturno entram em conjunção muito próxima. Embora o fenômeno possa ser contemplado a partir do dia 16, somente em 21 de dezembro atingirão o ponto de conjunção máxima, formando o que se chama de um “planeta duplo”. Como são os maiores planetas do sistema solar, o espetáculo é certamente especial e merece ser apreciado.


Para alguns astrônomos esta conjunção não ocorre desde o ano 1226. Outros afirmam que não ocorre desde 1623. Johannes Keppler - famoso astrônomo conhecido por estabelecer as três leis da mecânica celeste, a mais famosa delas a que estabeleceu as órbitas elípticas dos planetas - defendia a tese de que foi o mesmo fenômeno que teria surgido aos três reis magos como a estrela de Belém. Outros cientistas, contudo, apontam a conjunção de três planetas - Júpiter, Saturno e Vênus - para explicar a estrela da natividade. Teria sido um espetáculo ainda mais grandioso.


A observação é simples e pode ser feita a olho nu, bastando um horizonte sem nuvens, já que os planetas se apresentam próximos à linha do horizonte na direção do poente. Naturalmente, a observação com telescópios é muito melhor, embora binóculos, por um efeito óptico, possam separar os planetas na observação.


A natureza oferece espetáculos diários, que se repetem em décadas, séculos ou milênios. Este espetáculo é imperdível, porque você dificilmente irá contemplá-lo novamente, a menos que esteja vivo em 2080. Portanto, aproveite!


コメント


bottom of page