top of page

ANO NOVO, NOTÍCIAS VELHAS

Aqui, como no mundo, um novo ano começa e apresenta os mesmos problemas…


No Brasil


1 - Já lamentamos outra morte de criança atingida por bala perdida no Rio de Janeiro - Até quando aceitaremos notícias como esta com naturalidade?


2 - Chuvas fortes de verão provocam deslizamentos em diversas regiões do país - Sobretudo na região da Serra Fluminense, onde mortes e soterramento se repetem em Petrópolis, Teresópolis e Nova Friburgo. Embora previsíveis, tais eventos são de difícil solução, o que não desonera o governo de buscá-las e a Defesa Civil de minimizar danos.


3 - O reajuste anual do salário mínimo - que em 2020 passa para R$ 1.039,00 - perde para a inflação de 2019. Em outras palavras: o assalariado pobre está ganhando ainda menos. Ao longo dos anos havia uma política oficial de fortalecer o salário mínimo, colocando-o sempre um pouco à frente da inflação e, neste sentido, a notícia é nova, embora ruim. A notícia velha é o desinteresse do governo Bolsonaro com as causas sociais, pois parece desconhecer que o salário mínimo é importante instrumento de distribuição de renda no Brasil.


No mundo


1 - A tensão toma conta do Oriente Médio, tendo em vista a beligerância entre Estados Unidos e Irã. Na região mais conflagrada do mundo - aquela onde dizem, começará o armagedom - segue tudo igual: incapacidade de diálogo, irmão matando irmão, inocentes morrendo…


2 - Incêndios na Austrália são normais nesta época. Mas os incêndios atuais estão atingindo proporções catastróficas, dizimando milhares e milhares de animais e demonstrando uma incompetência incomum para o governo australiano. É pertinente lembrar que Scott Morrison, o Primeiro-Ministro, é daqueles que recusa esforços pela contenção do aquecimento global.

Comentários


bottom of page