top of page

SÃO TOMÁS DE AQUINO

Recomendação de leitura


Conciliando o aristotelismo com a fé católica.


Free Image por Pixabay

Se no ocidente a Idade Média representou um período de trevas, com a Europa mergulhada no feudalismo e a América em total desconhecimento, algumas luzes brilhavam, entretanto, geralmente perdidas em mosteiros na Itália. Uma destas luzes tornou-se um farol: São Tomás de Aquino, conhecido depois como Doctor Angelicus.


Tommaso D’Aquino nasceu na Sicília em 1225. Com cerca de quinze anos ingressou na Universidade de Nápoles, onde tomou conhecimento da obra de Aristóteles, Agostinho, Averróis e outros poderosos pensadores do passado. Decidido a juntar-se à ordem dos Pregadores, desagradou profundamente sua família, que chegou a mantê-lo cativo por longo período, buscando dissuadi-lo. Esforços vãos, pois sua decisão permaneceu inabalável.


Incorporado aos Pregadores, foi enviado a estudar na Universidade de Paris, onde travou contato com Alberto Magno. Pensador produtivo, suas obras logo granjearam reputação e a reputação conduziu-o aos cargos. Foi Regente de Teologia da Universidade de Paris por duas vezes, na segunda delas envolvendo-se em sérias disputas teológicas contra averroístas e franciscanos. Entre estes dois períodos ocupou vários cargos, destacando-se como Teólogo Papal.


O trabalho de São Tomas de Aquino está ancorado no aristotelismo. De fato, ele reverenciava Aristóteles, a quem chamava de O Filósofo. É considerado o pai da Escolástica que é, na verdade, um método para desenvolver aprendizado e pensamento crítico, de maneira a conciliar o pensamento racional ( raiz aristotélica ) à fé católica ( embasamento cristão ). Tendo em vista a importância da Igreja naqueles séculos, compreende-se porque São Tomás tornou-se um pensador tão valorizado.


A obra que agora sugerimos é tão somente um aperitivo, mera introdução ao pensamento de Tomás de Aquino, visto que trata, em excertos,de cinco obras, a saber:


  • O Ente e a Essência - onde trabalha conceitos básicos a partir das dez categorias aristotélicas;

  • Questões Discutidas sobre a Verdade - Tal qual Agostinho e Santo Anselmo, Tomás envereda em questões acerca da verdade - conceito, alcance, verdade primeira, etc;

  • Súmula contra os Gentios - Obra em que defende artigos da fé católica;

  • Compêndio de Teologia - Onde discute a natureza divina, a existência da alma, etc.

  • Suma Teológica - Alguns excertos selecionados da obra principal de São Tomás de Aquino.


Menos do que entender o Doctor Angelicus com alguma profundidade, a obra propõe-se a despertar o interesse pela leitura das obras de São Tomás de Aquino, em especial a Suma Teológica. E esta tarefa cumpre muito bem.


Seleção de Textos de São Tomás de Aquino

Coleção “Os Pensadores” - Volume VIII

Editor Victor Civita - São Paulo - 1ª Edição, 1973.

Comments


bottom of page