top of page

SOBRE CORONAVÍRUS

Por que a atitude do Presidente da República frente à pandemia é muito grave...

Elogiamos, neste blog, a postura do Ministério da Saúde no enfrentamento do coronavírus. Permanecemos com a mesma opinião, pois Mandetta e sua equipe continuam tratando o problema com seriedade e profissionalismo.


Muitos - inclusive dentro do governo federal - ainda acham que tudo é exagero, que a crise está sendo maximizada pela mídia. Uma postura irresponsável, sem dúvida. É preciso entender: todas as medidas preventivas não são decorrência da alta letalidade do vírus, até porque a letalidade é baixa ( embora não insignificante ), apresentando gravidade apenas entre a população da terceira idade. A preocupação está com um possível pico do vírus numa escala que o Sistema Único de Saúde não dê conta para atender. Imaginem milhares e milhares de pessoas superlotando ( os nossos já superlotados ) hospitais públicos. Seria o caos!


Portanto, todas as medidas buscam reduzir a curva de progressão da pandemia no Brasil, alongar seu curso em índices menores, para que o SUS possa bem atender a população. Não há exagero nenhum nisso, apenas prudência e responsabilidade.


Assim, é de lamentar que o Presidente da República, aquele que deveria dar o exemplo a toda população ( sobretudo ao seu eleitorado, que é pouco esclarecido ), tenha se comportado de maneira totalmente irresponsável no último domingo. Bolsonaro, que deveria ficar recolhido por pelo menos uma semana, mesmo tendo testado negativo, preferiu sair do Palácio do Planalto para cumprimentar seus seguidores, que participavam da manifestação pública contra o Congresso Nacional e contra o Supremo Tribunal Federal.


Deixando a lamentável manifestação em si de lado, o que Bolsonaro fez foi passar uma mensagem para os brasileiros: não levem o coronavírus tão a sério; não levem a sério as recomendações do Ministério de Saúde. Ele e outros propagadores de fake news continuam trabalhando contra, afirmando que o coronavírus não mata ninguém, que é tudo uma conspiração chinesa e tolices tais…


É de perguntar a estes tolos, entre os quais infelizmente está incluído nosso Presidente: cientistas do mundo inteiro estão errados? Países como China, Itália, Alemanha, Espanha, Estados Unidos e tantos outros, não sabem o que estão fazendo? Ou será que o mundo inteiro resolveu parar e perder bilhões em recursos por nada? Entidades como a OMS e o Ministério da Saúde ( cujo Ministro foi indicado pelo próprio Presidente ) não merecem qualquer responsabilidade?


Sério, Bolsonaro?

コメント


bottom of page