top of page

APELIDOS E ADJETIVOS: TODOS MERECIDOS

Bolsonaro faz por merecer tudo de negativo que se diz a seu respeito.




Não é má vontade. A gente até tenta olhar e encontrar algo bom. Mas não tem jeito. O fato é que o Presidente da República merece todos apelidos e adjetivos negativos que se atribuem a ele. Chamá-lo de Bozo é desrespeitoso, mas Bolsonaro se comporta como palhaço; chamá-lo de genocida é muito pesado, mas, por ação, maus exemplos e omissão, o Presidente realmente matou milhares de pessoas; chamá-lo de boçal é rude, mas leia o dicionário e veja se o adjetivo não cabe como uma luva. Grosso, incompetente, arrogante, autoritário, misógino, preconceituoso, tudo adequado e perfeitamente cabível.

Basta ver a sua última iniciativa. Bolsonaro determinou ao Ministro Marcelo Queiroga que estude a liberação do uso de máscaras para quem já foi vacinado ou já pegou COVID-19. Como????? É isso mesmo. Bolsonaro acha que quem já foi vacinado ou já foi contaminado, não precisa mais usar máscara. Com isso demonstra, mais uma vez, na verdade à exaustão, sua brutal ignorância sobre o assunto. Quem já foi vacinado pode pegar COVID, ainda que sua imunidade provavelmente o proteja de consequências mais graves. E mais importante: quem já foi vacinado continua podendo transmitir o vírus! O mesmo se diga de quem já foi infectado.


Isto é, num péssimo momento da pandemia, com um patamar altíssimo de mortes diárias e a alta possibilidade de uma terceira onda, o Presidente da República passa novamente uma mensagem equivocada à sociedade. Ou ele não entende ( o que, por mais que seu QI seja diminuto é inadmissível ) a importância das máscaras, ou realmente ele quer o caos… Somado aos péssimos exemplos que já deu, a medida é vitamina pura para a pandemia. E os bolsonaristas ainda acham ofensivo quando chamam o Presidente de genocida.


Além de ser um entendimento completamente equivocado do ponto de vista científico, a medida é impraticável. Como shopping-centers saberão quem pode ou não usar máscaras? E as academias? E o comércio em geral? Salões de beleza? Transporte público??? Com a impossibilidade de impedir o acesso de pessoas sem máscara, a contaminação vai novamente explodir. Isso é irresponsável ou intencionalmente assassino?


Pode-se até discutir o fechamento do comércio ( que já foi, de fato, muito sacrificado ); pode-se questionar a validade de um lockdown nacional; mas discutir máscaras é o fim da picada. Se o Ministro Queiroga ceder a este absurdo, responderá junto com os demais genocidas, além de poder jogar seu diploma de médico na lata do lixo. Afinal, os países que flexibilizaram o uso de máscaras atingiram patamar de vacinação superior a 50% da população e apresentavam números baixíssimos de contaminações e mortes. Aqui, sequer chegamos a 14% de vacinados com a segunda dose, morrem quase 2.000 pessoas por dia e outras 60 mil são contaminadas. É simplesmente loucura.


Como disse, a gente tenta ter boa vontade. Mas não tem jeito… Bozo, genocida, incompetente, boçal, etc… tudo cabível. Bolsonaro é tudo isso e muito mais. E ainda assim há uma claque que sempre o aplaude...


Commentaires


bottom of page