top of page

ELENA


Um poema de Manuel Rosa de Almeida, para quem vem chegando.


Imagem de Free-Photos por Pixabay


Que seja bem-vinda

E que venha serena,

A nossa Elena.


Seja muito bem-vinda,

Escura, clara ou morena,

A nossa Elena.


Nós não Lhe pedimos

Por uma vida amena.

Que atinja os cimos

De altas montanhas

Enfeitadas de neblinas.

E se a vida trouxer árduas penas,

Que possa rir-se de todas sinas

E realizar duras façanhas.


Que possa crescer na fortaleza,

Que somente conhecem os puros.

Vestir-se de púrpura realeza

Dos que trajam seu nu coração.

E quando nossa meiga princesa

Enfrentar precipícios, escalar muros,

Que se entregue com a singeleza

Como ao vento o dente-de-leão.


Que faça da sua vida

O mais belo poema,

A nossa Elena.


Que seja bem-vinda

E que venha serena,

A nossa Elena!


Comments


bottom of page