top of page

CURITIBANICES: QUEM QUER SER PREFEITO?

Entre figuras carimbadas e novidades, são muitos candidatos…



Teremos uma campanha mais rápida, com menos dias de propaganda, por conta da pandemia. Nada próximo à campanha-relâmpago que levou Jaime Lerner ao Palácio 29 de Março em 1988. Será uma campanha marcada pelas redes sociais. Para alegria dos eleitores, temos de tudo um pouco: de políticos experientes a novatos; da extrema esquerda à extrema direita; pessoas com ideias, outras nem tanto… Os candidatos são os seguintes:


Rafael Greca ( DEM ) - O prefeito é uma figuraça, ninguém duvida; a reeleição parece barbada. Afinal, Greca é experiente, conhece Curitiba como poucos, já geriu esta cidade outras vezes. Além disso, tem apoio do Governador, o que sempre ajuda. E está apostando na fórmula sempre usada de recapar as vias da cidade em ano eleitoral - só deu errado com o Ducci porque a cidade virou um caos e as obras não ficaram prontas até o pleito. Ao que tudo indica, vence no primeiro turno. Será?


Goura - PDT - A desistência de Gustavo Fruet abriu alas para um político jovem, cheio de boas ideias, que há algum tempo vem dizendo a que veio. Goura, pra muito além do cicloativismo, tem planos para a cidade de Curitiba. Será o voto consciente de quem deseja o novo com competência. Seria ótimo vê-lo no segundo turno, para assistirmos a um debate consistente em torno dos projetos para nossa cidade.


Fernando Francischini - PSL - Ainda com esperança da surfar na onda Bolsonaro, Francischini é o candidato da extrema direita. A questão é: além da pauta da segurança e do armamento, ele tem algo mais a dizer?


Christiane Yared - PL - Sua carreira política começou sob o signo da dor, com a perda do filho em terrível acidente de trânsito. Como deputada, aliás, esta sua principal bandeira: fazer do trânsito um ambiente de respeito e segurança, punindo com severidade os infratores. A princípio ela padece do mesmo defeito de Francischini e de todos candidatos muito identificados com apenas um tema. Além de fazer do trânsito curitibano algo digno, que mais tem a oferecer?


Paulo Opuszka - PT - Depois de considerar apoiar Goura, o PT acabou indicando o advogado Paulo Opuszka. Talvez tenha sido melhor para Goura, já que o partido ainda carrega um pesado estigma de corrupção e jamais emplacou uma campanha bem sucedida em Curitiba. Opuszka é doutor em direito e professor de Processo do Trabalho na UFPR.


Letícia Lanz - PSOL - Psicanalista especializada em gênero e sexualidade, impossível não fazer paralelo com Marta Suplicy. Esperamos que a mestre em sociologia pela UFPR possa derrubar, na campanha, este e outros preconceitos.


João Guilherme de Moraes - Novo - Médico oftalmologista que trabalha no Hospital do Cajuru e na Santa Casa de Curitiba, o Novo muda um pouco seu foco de apostar em empresários e empreendedores. João Guilherme já tem experiência de disputa, pois foi candidato a vice na última campanha na chapa de Leprevost. Espera-se algo mais que apenas a pauta liberal de seu partido.


Samara Garratini - PSTU - Uma jovem professora que vem com a proposta padrão de governar para quem precisa. Ninguém duvida do vigor de alguém indicado pelo PSTU, mas seria interessante se a professora fugisse um pouco ao figurino batido do partido.


Renato Mocelin - PV - Curitiba e seus muitos parques tem muito a ver com o PV, naturalmente. O professor Mocelin vem para tratar também dos problemas ecológicos, focado especialmente na crise hídrica que atormenta o cidadão curitibano. Vamos ver…


Camila Lanes - PCdoB - Juventude ela tem, apenas 24 anos. Camila é estudante de Letras e precisa provar que pode mais do que discursar em cima de uma mesa no diretório acadêmico. O mote escutar a população é bonito, mas assim como todos candidatos de esquerda, para vencer na conservadora Curitiba, Camila precisa aprender a apresentar uma receita que vá além dos chavões do partido.


Caroline Arns - Podemos - Ok, você é filha de Flávio Arns e é difícil que não goste de Flávio Arns. Mas política não é geneticamente transferível… Formada em direito e administração, Caroline é professora da FAE. Agora é provar se realmente podemos…


Eloy Casagrande - Rede - Professor da UTFPR, phd em engenharia, tem 61 anos. Por favor não confundam com Eloy Casagrande, baterista do Sepultura, ainda que seria uma campanha mais animada. O candidato podia trazer a Marina pra dar umas canjas por aqui…


Marisa Lobo - Avante - Levar o conservadorismo da direita para a Prefeitura… Sério? Vamos dar tratos à bola e lançar algumas ideias interessantes, por favor… A candidata é psicóloga conservadora cristã, especialista em filosofia. Então, candidata, vamos pensar!


Fabiano dos Santos - PMB - É no mínimo irônico que o Partido da Mulher Brasileira apresente um homem como candidato à Prefeitura de Curitiba. Trata-se do empresário Fabiano dos Santos, que vai ficar de saia justa para explicar isso…


José Maria Boni - PTC - O Partido Trabalhista Cristão lança José Maria, formado em administração e contabilidade, prometendo fazer uma campanha humilde e sem dinheiro.



*** PP e PMDB definem candidatos hoje à noite, provavelmente lançando Maria Victória e João Arruda.



コメント


bottom of page