top of page

REPUBLICANDO - GOVERNO BOLSONARO

O que foi, realmente, o governo de Jair Bolsonaro?


Imagem de: www.slon.pics / Freepik

Dizem que o brasileiro tem memória curta. Agora, na perspectiva de uma eleição presidencial, a falta de memória é problema sério que traz graves consequências. Para refrescar lembranças do que foi a gestão de Jair Bolsonaro, passamos a republicar - todo domingo - comentários sobre este governo.


Assim, você poderá avaliar toda a trajetória deste governo ( ou desgoverno ). Quando outubro chegar, com os fatos recolocados, você pode formar seu julgamento. E se quiser reconduzir Jair Bolsonaro ao poder, é decisão e responsabilidade sua.


Prosseguimos com a primeira manifestação do governo Bolsonaro contra a democracia. O primeiro dos muitos sinais de que o Presidente pretende sim estabelecer uma ditadura.



PRETO PELA DEMOCRACIA - Publicado originalmente em 09/03/2020



Vestir preto no próximo domingo, não é desapreço pelos símbolos nacionais, pelo contrário...



O próximo domingo, 15, foi a data escolhida por bolsonaristas para fazer uma manifestação nacional contra o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal. A mesma manifestação que recebeu divulgação pelo próprio Presidente da República, num movimento que causou indignação em todos centros de pensamento e nas principais figuras das instituições nacionais, da OAB ao Judiciário, dos partidos políticos às ONGs que defendem os direitos civis.


A reação não foi exagerada. Manifestações públicas contra o Congresso Nacional e contra o STF são sempre relacionadas a tentativas autoritárias de estabelecer um poder central único. Quando temos no Palácio do Planalto um líder cujo discurso é permeado de autoritarismo - ex: defesa de ditadores históricos, apologia à tortura, discurso demagógico de crítica ao Poder Legislativo e Judiciário - é natural que a preocupação com manifestações desta natureza cresça radicalmente. Não há paranoia aqui, apenas o temor de que a história esteja se repetindo.


Infelizmente, os símbolos nacionais estão atualmente identificados com este tipo de pensamento autoritário. A bandeira nacional e as cores verde/amarela foram apropriadas pelo pensamento reacionário, simpático ao fechamento do Congresso Nacional, ao expurgo dos partidos políticos e à interferência no Poder Judiciário. São iniciativas típicas de tiranos, ditadores de direita ou de esquerda.


Portanto, é razoável conclamar a uma reação pacífica contra esta manifestação, principalmente para pontuar/demonstrar que este pensamento é minoritário, viceja apenas entre poucos radicais. Se os símbolos nacionais nos identificam com este pensamento retrógrado, vamos sair às ruas no dia 15 vestindo preto. Nada contra os símbolos nacionais e ao verde-amarelo, tão queridos. Usar o preto é apenas mostrar que não há um pensamento único e estupidificado em nosso país. Por outra: usar preto é apenas para mostrar que ainda há pensamento neste país.


Então, neste domingo, vamos sair de preto. Sem gritos, sem enfrentamento, respeitando aqueles que desfilarem de verde-amarelo. Vamos sair de preto em defesa das instituições. Vamos sair de preto como demonstração de apreço pela democracia, pela liberdade de imprensa, pelas garantias individuais, pela independência dos três poderes. Vamos sair de preto serenamente, apenas uma postura silenciosa de quem espera por dias melhores.

Comments


bottom of page