top of page

dialeticos.com RECOMENDA


Para aqueles que estão em isolamento e tem interesse em espeleologia, recomenda-se a palestra feita por membros do GUPE.

Imagem dePexelsporPixabay

Enquanto a pandemia continua crescendo, as mortes pelo coronavírus ultrapassam mil mortes por dia, uma parcela significativa da população continua em recolhimento residencial, trabalhando em sistema de home office.


Enquanto o governo federal continua perdido no que toca a uma política coerente de enfrentamento ao COVID-19, o recolhimento em casa se estende e as pessoas procuram atividades que possam ser desenvolvidas dentro de quatro paredes. Muitas pessoas estão fartas do isolamento social, mas a consciência impõe sua continuidade. É salutar aproveitar o tempo de isolamento para aumentar o conhecimento em diversas áreas.


O GUPE - Grupo Universitário de Pesquisas Espeleológicas - vem apresentando palestras em torno do tema. Trata-se de um tema específico, cujo interesse pode ficar limitado a um percentual pequeno da população. Para as pessoas que manifestam este interesse, estou recomendando uma live feita por dois professores, com o tema “Tipos de Cavernas: Experiências de Viagens”, tratando de sua formação e localização. Basta acessar o GUPE no youtube e procurar a palestra realizada na noite de ontem.


A apresentação é feita por um doutor em geologia - professor Gilson Burigo Guimarães - e uma mestre em geografia - professora Fernanda Burigo Mochiutti. Ambos conseguem abordar o tema de maneira acessível aos leigos e, ao mesmo tempo, manter o interesse dos experts em espeleologia. Este equilíbrio se observa na descrição que ambos tiveram de suas experiências, viagens em diversos pontos do Brasil e do mundo, num equilíbrio que se verifica no vídeo que se estende por mais de duas horas.


Além dos termos técnicos e da localização de cavernas ao redor do mundo, indo da região de Ponta Grossa até a Islândia, há interessantes explicações sobre a maneira como tais cavernas se formam. Ao final da apresentação, abriu-se espaço para perguntas dos participantes. Inúmeras perguntas foram formuladas e respondidas, tornando a palestra ainda mais interessante.


Assim, dialeticos.com recomenda assistir o programa, especialmente para as pessoas que têm tempo livre e mostram interesse por espeleologia. O aumento da conscientização em torno do tema também é relevante para o enfrentamento das iniciativas do governo federal para a alteração dos Decretos Federais nº 99.556/1990 e nº 6.640/2008, fragilizando a proteção das cavernas, da pesquisa geológica e do ecossistema envolvido para favorecer projetos de mineração. Lembramos, acerca da questão, o já publicado artigo "Em Defesa das Cavernas" - neste blog no dia 25 de abril.



Comments


bottom of page